Facebook

contador gratuito de visitas

26 de abril de 2018

CHEGA


chega de guerra
o diálogo emperra
chega de solidão
andamos na contramão
chega de besteira
damos maior bobeira
chega de lero-lero
eu danço bolero
chega de fingir
vamos sorrir
chega de fofoca
quero pipoca
chega de frescura
espalhe ternura
chega de beicinho
 te faço carinho
chega de brigar

 vem me amar!!!

O QUE É POESIA?


Perguntei a um amigo
Para você, o que é poesia?
Prontamente me respondeu
Paixão e contentamento
Permeando o coração
Pronto para expandir
Pertence à emoção
Pôxa querido amigo
Parece-me tão sentimental!
Particularmente ele me disse
Pode ser, é bom ou mau?
Pode ficar ciente
Participo do teu sentimento
Para mim poesia é abrigo
Promessa de encantamento
Ponte para o desconhecido
Pausa para reflexão
Poesia é pura magia
Encanta o coração

DOMINGO


Queria paz no domingo
Domingo do Senhor
Senhor que salva
Salva este domingo

Domingo barulhento
Barulhento é meu vizinho
Vizinho que é compadre
Compadre pai da Juliana

Juliana minha afilhada
Afilhada linda e preciosa
Preciosa feito uma rosa
Rosa branca e perfumada

Perfumada tarde de domingo
Domingo dia de culto
Culto de adoração ao Senhor
Senhor abençoa nosso domingo

TEMPO DE REFLEXÃO


Com dedicação
Possamos no dia-a-dia
Ajudar o nosso irmão
Oferecer poesias

Viver em harmonia
Aplacar a solidão
Estendendo a mão
Distribuindo alegria

Renovar a nossa fé
Crer no Salvador
Honrar a Jesus de Nazaré
Que espalhou grande amor

Lembrar de toda criança
Do mendigo sem cobertor
Oferecendo esperança
Bendito seja Nosso Senhor

A paz seja proclamada
Por toda a terra habitada
Vivermos em união
Com amor no coração

É tempo de reflexão
De paz e amizade
Ternura e união
Amor e sinceridade

Paz na terra
Aos homens de boa vontade!!

GOTAS DE FELICIDADE


O que temos hoje como filhos de Deus
São apenas gotas de felicidade
Mas quando formos morar nos céus
Seremos felizes por toda a eternidade

Jesus Cristo disse: vigiai e orai
Isso tudo para o nosso bem
Clamamos a Deus que ouve nossos ais
Se compadece de nós e amor nos tem

Hoje é dia 1° de janeiro
Começa um ano novo
Neste dia primeiro
Precisamos de renovo

E a Deus vou clamar todo dia
Por muita paz, saúde e união
E neste ano que se inicia
Muito amor no coração

UMA POESIA DIFERENTE


Mas hoje é sexta-feira
Vontade de fazer uma poesia diferente
Sei lá, estou tão contente!!
Uma poesia descontraída
Estou feliz da vida
Por que?
Porque a vida é assim, feliz!!
Rindo à-toa...
Estou de boa!!
Quem quiser vir comigo nessa dança
Que venha!!
Ser feliz não tenha senha
Pra ser feliz precisa-se de pouco
Mesmo neste mundo louco
E hoje é sexta-feira
Assim:
Linda
Charmosa
Faceira
Esta sexta-feira!!
Sem delongas meus amigos
Queridos
Lá do Norte
Aqui do Nordeste
De Leste a Oeste
Sudeste
E sul
Ofereço uma rosa
Azul  da cor do céu
Do cor do mar
Pra ser feliz é preciso amar!!
Vamos voar!!??

O RIO


o rio desce
pedindo passagem
vem e arrasta
toda a folhagem
faça essa viagem
é lindo, é real
não é  miragem

tem  surpresa
uma mensagem
subliminar
basta sonhar

desce a ribanceira
forma uma cachoeira
rega a cabeceira
cresce a mangueira
é flor é flora é floral
é fauna  é natural
é natureza brasileira
descendo a ribanceira
é espetáculo especial!

FAMILIA


Fernando Xerez, filho
Fofo Caio Henrique
Faceira Marina
Júlia, nora

É o ciclo da vida
Sustentação
Continuação
Finaldade
Unidade

Filho, herança do Senhor
Amor que não tem fim
Fernando, tudo
O meu coração

Marina estrelinha
Caio meu campeão
Julia, nora minha
É tudo emoção

Obrigada Deus
Minha posteridade:
Fernando Xerez
Marina Xerez
Caio Xerez
Julia, é Xerez

MÃE RECANTISTA


Neste dia sem igual
Com toque maternal
Mãe, tão especial
Merece rosas, que tal?

No 2° domingo de maio
Eu daqui não saio,
Venho antes homenagear,
As mães deste lugar

Singela comemoração
É muita emoção
Ó lindo querubim
Felicidades!! tim!! tim!!

Desejo nesta ocasião
À mãe recantista, de coração
As bênçãos do Nosso Senhor
Parabéns bela flor!! 

VERSOS NOTURNOS


De fim do dia
Aqueles acalantados
Mimados delicadamente
A cada hora
A cada minuto
A cada segundo
E, de repente
Eles nascem assim
Meio que sonolentos
Trazem alento
Versos noturnos
Com jeito preguiçoso
Macio e gostoso
E na ânsia de repousar
Eles chegam
Brotam no fim do dia
E nos fazem sonhar!!

VELHICE


A vida é uma tremenda doidice
Tem um tal de disse-me-disse
Falo, com toda faceirice:
Guardar rancor é tolice

Assim foi que a Dilce
No auge da meninice
Fazendo peraltice
Falou: é maluquice

A senhora Berenice
Com sua gaiatice
Gritou pra Eunice:
Eu adoro a velhice!