Facebook

contador gratuito de visitas

22 de julho de 2017

LEMBRANÇAS


Nossas lembranças
Nos fazem pensar
Quando crianças
Só queríamos brincar

Nossa adolescência
Vem ao pensamento
Tinha pudor e decência
Também comedimento

O auge da juventude
Vem também à memória
Com coragem e atitude
Construíamos nossa história

No outono da vida
Contamos nossos dias
Lembranças tão queridas
Em versos de poesias

O MAIOR AUÊ


Se eu pisar numa formiga
Vai ser um Deus nos acuda
E também terá uma briga
Meu povo, preciso de ajuda

Se eu pisar numa flor
Vai ser o maior auê
Me acuda, por favor
Pois eu conto com você

Se eu pisar numa cobra
Ela vai me picar
O Butantã se desdobra
Para vacinas fabricar

Se eu prender um colibri
Dentro de uma gaiola
Vai ser um ti-ti-ti
E vão me mandar embora!!



CHEIRO DE ALECRIM


Tenho cheiro de alecrim
Este é o meu perfume
Tenho beleza sem fim
Sou candeia, sou lume

Veja o balé dos vagalumes
O revoar dos colibris
Alguém aqui tem ciúmes
Meu olhar tem a cor gris

E foi por um triz
Que eu te perdi
Sou tão infeliz
Vem me fazer feliz

TODAS AS IDADES


A vida é feita de etapas
De fases
De idades
A mais tenra idade
Idade primaveril
Idade do lobo
Idade juvenil
Terceira idade
Idade ideal
Melhor idade
Idade outonal
Dividimos tudo
Até as idades
Idade disso
Idade daquilo
Nessa idade pode
Naquela outra pode não
Tem o auge da idade
E a idade da razão
Idade assim
Idade assada
Idade pra viver
Idade pra conviver
Idade pra amar
Idade pra ser amada
Idade avançada
Idade vivida
Idade pra toda vida
Idade das saudades
Todas as idades
Não tem idade pra morrer
Morre-se em qualquer idade
Assim viva a sua vida



PRECONCEITO JAMAIS


Se minha alma não tem cor
Por que a pele tem?
Ora meu bem
Faça-me o favor

Não pinte minha pele
Minha alma é multicor
Eu digo sim senhor
Preconceito se repele

Todos somos iguais
Do criador, criaturas
Por que palavras duras
Que machucam e causam ais?

O amor é universal
Não tem preferência
Nem mesmo a ciência
Parece desigual

Todos têm os mesmos direitos
E usufruem das quatro estações
Qual a cor dos corações?
Discriminar é o pior dos defeitos
 

Temos as mesmas necessidades
Físicas, emocionais e biológicas
Mentalidades lógicas
Sejamos racionais
Preconceito, jamais
Vivamos em irmandade

SOLTE O TEMPO


Solte o tempo
Dê tempo ao tempo
O tempo está cansado
Não quer ser perturbado

Solte o tempo
Dê tempo ao tempo
O tempo indomável
Às vezes é desagradável

Solte o tempo
Dê tempo ao tempo
O tempo é voluntarioso
Quando acuado é perigoso

Solte o tempo
Dê tempo ao tempo
O tempo é implacável
Nem sempre é maleável

Solte o tempo
Dê tempo ao tempo
O tempo precisa seguir
Por favor deixe o tempo ir

O TEMPO


O tempo se contorce
Você torce?
Se esforce

O tempo te engana?
Dê-lhe uma banana
Bacana

O tempo gira
Tu pira?
Mira

O tempo fenece
Te favorece?
Agradece

ORA SEUS...



Agredindo a natureza?
Quanta vileza
Não tem vergonha?
Pessoa peçonha
Dá cá o machado
Seu malvado
Quanta covardia
Vai fazer poesia
Eu fico revoltada
Gente descarada
O Criador está vendo
Fica sabendo
Quem faz paga
Cambada
É tudo de Deus
Ora, seus...

TOME UMA ATITUDE


O tempo escorre
Você socorre
Ou corre

Não fique só olhando
O tempo passando
Vá logo andando

Porque ele te dá um traço
E faz um estardalhaço
Então não dê espaço

O tempo vai lhe dominar
Você deve se preparar
Ele vai lhe tragar

Então você envelheceu
O tempo lhe venceu
Fez o que prometeu

Ver se não se ilude
Tome uma atitude
Se precisar mude

UMA JANELA PARA O CÉU


Me mostraram uma janela
De imagem bela
Qual aquarela

Uma janela para o céu
Descortinando o véu
O Santo dos Santos
Bendito é o manto

Manto divino
Toca o sino
Vem menino
Menino Deus



O TEMPO CAIU


O tempo caiu
Alguém viu?
Se esvaiu
Sumiu
Ruiu

Como pode?
Sacode
Acode

Que aconteceu?
Procura
Criatura

Se não achar?
A vida para
Repara

Sou devoto
Ao tempo
Me revolto
Com o tempo
 


Ajusto o tempo
Espero o tempo
Volta tempo
Em tempo